sexta-feira, 24 de julho de 2009

UMA HISTÓRIA MENOS FELIZ DA EUROSCUT

Uma nova forma de encarar uma invasão de propriedade foi me apresentada ontem via RTP/Açores por um Director da Euroscut, de seu nome, Victor Santos. Escondido (talvez com vergonha do acto cometido) este senhor, comentou o facto da firma que representa ter invadido um estaleiro em Vila Franca do Campo, declarando-o como uma história menos feliz!
Já tinha ouvido chamar muitos nomes ao acto que entrada ilegal em propriedade alheia, mas chamar isto de "história menos feliz", nunca.
Imagine se que damos todos para fazer o mesmo. Entramos num terreno de alguém, esburacamos com intenção de construir uma casa, por exemplo, e pronto.... será uma história menos feliz e o legitimo proprietário não terá outro remédio senão o de aceitar o valor que queremos pagar!
Estranhamente o Governo nada diz sobre o caso! Nem pode certamente. Afinal é muito melhor aparecer publicamente nos bons momentos. Nos maus, assobia-se para o lado!
Com este exemplo será mais fácil para o autarca das lajes das Flores justificar a sua alegada entrada ilegal em terrenos de Santa Cruz para retirar cascalho ou da Ribeira Grande numa propriedade particular para a construção da sua avenida litoral ou de tantos outros casos que por ai acontecem. Afinal, em tudo há sempre uma história para contar e estas são histórias menos felizes!

3 comentários:

Anónimo disse...

menos feliz é decerto falar sem saber o que se diz
menos feliz é conhecer apenas a verdade que nos interessa
menos feliz é opinar sem conhecer os factos
ou será apenas ignorancia?
enfim...informe-se e fale depois ok?

João disse...

menos feliz é você, caro anónimo, não perceber que aqui neste blog se aborda as coisas a brincar. Isto para rir meu caro! Não leve as coisas tão a sério.

zeze disse...

Menos feliz é não ter sentido de humor! Você, Sr Anónimo ainda não percebeu que aqui neste blog se pinta a realidade de forma divertida. Mais leve e menos sombria?! Triste é querer ver e não poder!