terça-feira, 3 de novembro de 2009

JANTAR DA DISCÓRDIA


César convidou Berta para Jantar. Ou melhor, César convidou Berta e todos os seus companheiros autarcas para jantar. Berta, não aceitou o convite. Vai de férias e mandou perguntar a César se poderia fazer-se representar no dito Jantar. César mandou dizer que não. Queria jantar era com ela. Se quisesse jantar com o vice ou com o Presidente em exercicio tinha-o convidado. Não sei se o não convidou por não gostar do bigode do homem ou por outro motivo qualquer. O que sei é que não o convidou nem a pedido de Berta.
Também desconheço se Berta recusou por não gostar da comida, por não simpatizar com César, por não querer encontrar-se com os restantes convidados ou por ir mesmo de férias. O que sei é que ela não estará. Só espero é que a mulher coma qualquer coisa antes de se deitar neste dia, não vá deitar-se de estômago vazio.
Os restantes companheiros de Berta aceitaram o convite e vão jantar com César naquele que ficará para a história como o jantar da discórdia entre o governo e as câmaras municipais açorianas. Não pela discórdia entre Berta e César, porque estes discordarão sempre um do outro, mas por ser a primeira vez que um jantar desta natureza acontece desde que temos autonomia. Pudera! Quem quer faltar a um banquete daqueles! Só mesmo Berta faltará, para não lhe dar azias durante a noite.
Os outros, engolirão em seco o jantar e certamente as piadas que César dirá! Enfim..., antes um mau ano que um mau vizinho já dizia meu avô... Berta parece querer um mau vizinho, porque mau ano já está a ter!

3 comentários:

Rui disse...

Realmente, não tem precedentes um Presidente do Governo Regional dos Açores (Presidente de todos os Açorianos) convidar autarcas eleitos, com base na côr política. É dum sectarismo do piorio.

Continuo sem perceber uma coisa: como se pode dizer que Berta está a ter um ano mau, quando venceu as europeias, subiu nas Legislativas (em relação às de 4 anos) e venceu Ponta Delgada (único acto eleitoral onde esteve, efectivamente, directamente envolvida) com larga maioria absoluta. É preciso ter uma grande imaginação....

Anónimo disse...

O gamelado da oposição de cima, defende com unhas e dentes a looser Berta.

Berta perdeu as legislativas.
Berta perdeu as autarquicas nos Açores. Ganhou na pocinha e perdeu no mar.
Berta deixa cair a teoria do fim de ciclo.
Berta estampa-se com o mau perder nas autarquicas.


Quem é que perdeu camaras?
Culpa de quem?

ZEZE disse...

Caro Rui, a fé é que nos salva! Realmente a vitória em Ponta Delgada foi de Berta tal como a derrota pelos outros lados, ou nao?